O MR.BANINHA ADVERTE: "O Uso continuado deste blogue, causa histeria colectiva, dores no alto ventre, micoses várias, leves sintomas de Tourette, e uma incapacidade inexplicavel de pronunciar «Zingarelho» sem provocar tremuras no lábio superior..."

Anedotas | A Odisseia de um Bêbado...

O bêbado, na paragem do autocarro, olha pra uma mulher e diz:
- Você é feia... heim?
A mulher não diz nada. E o bêbado insiste:
- Porra, mas você é mesmo feia!
A mulher finge que não ouve. E o bêbado torna a dizer:
- Puta que pariu! Você é muito feia!
A mulher não se aguenta e diz:
- E você é um bêbado!
- É, mas amanhã isto passa...
Então ele entrou no autocarro. Logo na entrada, cambaleando, vira-se para o motorista e diz:
- Se meu pai fosse um gato e minha mãe uma gata, eu seria um gatinho! - E continua -  Se meu pai fosse um cachorro e minha mãe uma cachorra, ai eu era um cachorrinho! - E ainda diz - Se meu pai fosse um touro e minha mãe uma vaquinha, ai eu seria um bezerrinho!
O motorista, nervoso, pergunta:
- E se o seu pai fosse um paneleiro e a sua mãe uma puta?
- Ai, eu era um motorista de autocarro!
Sai em direcção à traseira do autocarro, e grita:
-Hoje eu quero comer um cu!
Todos os passageiros ficam a olhar assustados para ele que, ao ver a reação, diz:
- Calma pesssooooaaal, eu só quero um!
Já na parte de trás do autocarro, grita de novo:
- Do lado direito é tudo corno! Do lado esquerdo é tudo Paneleiro!
Ao ouvir isto, levanta-se um gajo do lado esquerdo e fala:
- Eu não sou Paneleiro!!!
E o bêbado responde:
- Então passa para o outro lado que não gosto de confusões!!!
A partir desse momento os passageiros começaram a insultar o bêbado e ameaça-lo de pancada. O motorista, para evitar males maiores, trava bruscamente e caem todos uns por cima dos outros. Um dos passageiros levanta-se, pega no bêbado pelos colarinhos e pergunta:
- Diz lá agora, meu, quem é que é Paneleiro e corno?
- Agora eu não sei. Ele Misturou tudo!
Ele então desce do autocarro, entra numa igreja, o padre, viu aquele bêbado a entrar e resolveu dar o sermão:
- Irmãos, quem não for a favor da bebida que se sente agora!
Todos se sentaram e o bêbado gritou:
- Porra, senhor padre, Só nós os dois hã!?
Expulso da igreja, entra logo num boteco e pede:
- Bota aí dez bagaços, pró je!
O dono obedeceu e colocou dez bagaços para o bêbado, que os bebeu todos.
- Bota agora só cinco!
O dono botou, o gajo bebeu-as todas e disse:
- Agora bota só três?
Bebeu as três num gole só, fez aquela careta típica de bagaceiro e pediu:
- ZZZZZZ só uma agora! ZZZZZZ só mais uma!
O bêbado bebeu aquela, deu um zig-zag e concluiu:
- Eu num tou a enZenZer... Quanto menossss eu bebo, mais eu fico ourado!
Antes de ir embora ele pede um maço de cigarros, que traz escrito na lateral:
'O MINISTERIO DA SAUDE ADVERTE: O Cigarro pode causar impotência sexual'.
Assustado, gritou pro empregado:
- NÃO. Este aqui não!!! Dá-me aquele que causa cancro.
Ao sair do boteco, todo bebedola, o bêbado ia pela rua fora, e as tantas toca na campaínha duma casa e pergunta:
- O seu marido esta aí?
Uma mulher responde:
- Está, quem quer falar com ele?
- Deixa lá, obrigado.
Chega  noutra casa e toca novamente à campaínha:
- O seu marido esta aí?
A outra mulher responde:
- Está a tomar banho, quem é que lhe quer falar?
- Obrigaaaaaado, pooooode deixar.
Na outra casa...
- Bom dia, o seu marido esta aí?
- Está... vou chamá-lo...
- Não, não é preciiiiiiso, responde o bêbado.
- Na outra casa:
- Oi, o seu marido esta aí?
A mulher responde:
- Não, mas já deve estar a chegar.
O bêbado responde:
- Então, faz favor, olha aqui pra fora e vê se sou eu!!!!!
Tempos depois consegue-se lembrar onde é a sua casa com muito custo. Abre a porta e vai  a correr para o Wc. Assustado, corre para o quarto e acorda a mulher:
- Oh mulher... Esta casa tá mal assombrada! Eu abri a porta da casa de banho e a luz acendeu-se sozinha. Depois, fechei a porta e a luz apagou-se sozinha...
A mulher, fodida, grita:
- Filho da puta!!! Já me mijas-te no frigorífico outra vez!!!!
Escurraçado de casa pela mulher, que não estava a fim de dormir e levar com o hálito podre do bebedola, vai a um beco, acaba a dormir no chão, e é assaltado, onde lhe roubam o relógio. No dia seguinte, já curado da bebedeira, ao andar pela rua, vê um gajo a usar o seu relógio, e vai-se aproximando dele dizendo:
- Hei, ouve lá, esse relógio é meu!
- Qual seu qual carapuça. Esse relógio eu tirei a um bêbado que eu comi o cagueiro ontem ali no beco.
- Tem razão, não é meu mesmo. Mas que parece, parece!!
Enviar um comentário
OBRIGADO PELA VISITA, E SE GOSTOU, RECOMENDE.