O MR.BANINHA ADVERTE: "O Uso continuado deste blogue, causa histeria colectiva, dores no alto ventre, micoses várias, leves sintomas de Tourette, e uma incapacidade inexplicavel de pronunciar «Zingarelho» sem provocar tremuras no lábio superior..."

#Contos | O velho cão...

imagem da net
Uma velhota foi para um safari em África e levou seu velho rafeiro com ela. Um dia, enquanto caçava borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que estava perdido. Vagueando a eito, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha na sua direcção, com a firme intenção de conseguir um bom e farto almoço. 
O velho cão pensa rápido (pois os velhos pensam rápido): 
- Oh, ohuuuuuuu! Estou mesmo enrascado! Olha à volta e vê ossos espalhados no chão bem próximo dele. Em vez de se apavorar mais ainda, o velho cão ajeita-se junto ao osso mais próximo e começa a roê-lo, dando as costas ao predador, fingindo que não o tinha visto antes... 
Quando o leopardo estava a ponto de dar o salto a fim de o abocanhar, o velho cão exclama bem alto: - Este leopardo estava delicioso!!! Será que há outros por aí?? 
Ouvindo isto, o jovem leopardo, com um terrível arrepio na espinha, suspende o seu ataque, já quase iniciado, e esgueira-se na direcção das árvores e pensa: 
- Caramba!!! Esta foi por pouco!!! O velho rafeiro quase que me apanhava...! 
Um macaco, numa árvore ali perto, viu a cena toda e logo imaginou como fazer bom uso do que vira. Em troca de protecção para si, informaria o predador de que o cão não tinha comido leopardo algum... E assim foi, rápido, em direcção ao leopardo. Mas o velho cão vê-o correndo na direcção do predador, em grande velocidade, e pensa: 
- Aí há marosca... O macaco alcança o felino, cochicha-lhe o acontecido e faz um acordo com o leopardo. O jovem leopardo fica furioso por ter sido enganado e diz: 
- Oh macaco, sobe nas minhas costas para veres o que acontece com aquele cão espertinhor... Agora, o velho cão vê um leopardo furioso, vindo na sua direcção, com um macaco nas costas, e pensa rápido, novamente: 
- E agora, o que é que eu faço? Mas em vez de correr (pois sabia que suas pernas doridas não o levariam longe...) senta-se, mais uma vez de costas para os agressores e fazendo de conta que não os via..., quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz: 
- Mas onde é que anda o filho da puta daquele macaco? Estou a morrer de fome...!!! Disse que me traria outro leopardo e até agora nada...
Enviar um comentário
OBRIGADO PELA VISITA, E SE GOSTOU, RECOMENDE.