O MR.BANINHA ADVERTE: "O Uso continuado deste blogue, causa histeria colectiva, dores no alto ventre, micoses várias, leves sintomas de Tourette, e uma incapacidade inexplicavel de pronunciar «Zingarelho» sem provocar tremuras no lábio superior..."

#Anedotas | O Cão Bufo!

Um rapaz Alentejano vai para Lisboa estudar, mas a meio do primeiro semestre acaba o dinheiro que o pai lhe deu. Tem então uma ideia brilhante, telefona ao pai e sai-se com esta: 
-Pai, não vais acreditar nas maravilhas da moderna educação na cidade. Pois não é que eles aqui têm um curso para ensinar os cães a falar? 
O pai, um homem simplório, fica maravilhado: 
- E como é qu'ê faço para que aceitem o Rex aqui de casa? 
- É só mandá-lo para cá com 5.000 EUR que eu faço a matrícula. 
E o pai, é claro, cai na conversa e segue a orientação do filho. Passados mais alguns meses, o rapaz fica novamente liso e liga outra vez: 
- E então, mê filho, como vai o Rex? 
- Fala pelos cotovelos, pai. Mas agora abriram um outro curso aqui, para os cães aprenderem a ler.
- Nã brinques! E podemos matricular o Rex? 
- Claro! Manda-me 10.000 EUR que eu trato de tudo! 
E o velho, mais uma vez, manda o dinheiro. O tempo vai passando, o final do ano vai chegando e o rapaz dá-se conta que vai ter que se explicar. O cão, é claro, não fala uma palavra, não lê porcaria nenhuma, enfim, continua exactamente como sempre. Sem nenhuma consideração, solta o pobre bicho na rua e apanha o comboio de volta para casa. A primeira pergunta do pai não podia ser outra: 
- Atão onde está o Rex? Comprê uma revista sobre animais, para que ele leia. 
- Pai, nem imaginas. Já tinha tudo pronto para voltar, quando vi o Rex no sofá, a ler o jornal, como fazia todas as manhãs. E então saiu-se com esta: 
"Então, vamos para casa... Como será que está o velho? Será que continua a comer aquela viúva que mora na casa da frente?" 
E o pai, mais do que rapidamente: 
- Mas que cão bufo de merda... Espero que tenhas metido um tiro nos cornos desse filho da puta, antes que venha falar com a tua mãe! 
- Mas é claro, pai. Foi exactamente o que eu fiz!
Enviar um comentário
OBRIGADO PELA VISITA, E SE GOSTOU, RECOMENDE.